Busca
  
  1. Extranet
  2. Idioma
  3. Global sites
PR Newswire: Distribuição de notícias, targeting, monitoramento e soluções de marketing.

Huawei realiza Global Energy Summit 2017 e demonstra soluções de tecnologia da informação e da comunicação seguras e eficientes para o setor de petróleo e gás na ADIPEC

ABU DHABI, Emirados Árabes Unidos, 13 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- A Huawei realizou sua Global Energy Summit em Abu Dhabi no dia 12 de novembro. Com o tema "liderando novas tecnologias da informação e da comunicação por mais segurança e eficiência na indústria de petróleo e gás", a cúpula atraiu mais de 200 clientes, parceiros e especialistas experientes da indústria de petróleo e gás com o intuito de debater formas de reduzir custos, garantir operações seguras, obter desenvolvimento sustentável e alavancar a transição da indústria de petróleo e gás para atividades inteligentes. Durante a 20a edição da Abu Dhabi International Petroleum Exhibition and Conference (ADIPEC), a Huawei e seus parceiros do segmento, como a Schlumberger, a Honeywell, a SAP e a Richfit, apresentaram uma série de soluções inovadoras de tecnologia da informação e da comunicação, englobando toda a cadeia setorial desde exploração, produção, armazenagem e transporte até a distribuição.

Soluções digitais de petróleo e gás seguras e eficientes da Huawei, atendendo a 70% das 20 empresas líderes globais de petróleo e gás

Com o aumento global das demandas por energia, a indústria de petróleo e gás enfrenta forte competição e sérios desafios. Investidores e empresas de petróleo e gás necessitam urgentemente das mais recentes tecnologias da informação e processos de gestão para reduzir seus custos e garantir operações seguras. Diante disso, tecnologias inovadoras de informação e comunicação desempenham um papel importante na transformação digital da indústria de petróleo e gás.

Jerry Ji, presidente do setor de energia da Huawei Enterprise BG, fez uma das palestras principais durante a cúpula. "É uma honra para a Huawei ver todos os seus convidados na cúpula", declarou. "A indústria de petróleo e gás está diante de enormes desafios. Por exemplo, a taxa de recuperação média em toda a indústria é de apenas aproximadamente 37%. Mais de 70% dos ativos de campos petrolíferos não são monitorados e geridos com eficiência. Mais de 90% dos incidentes ocorrem por conta de falhas humanas. Além disso, as atividades em campos petrolíferos ainda utilizam mão de obra intensa. Muitos trabalhadores ficam extremamente sobrecarregados com verificações e manutenções de rotina. Isso tudo gera custos altos, baixa eficiência e produção insatisfatória para as empresas petrolíferas. A fim de ajudá-las a lidar com esses desafios com confiança, algumas das soluções mais viáveis são a construção digital e a transformação digital contínuas. Com base em seu conhecimento cada vez mais preciso dos serviços da indústria de petróleo e gás, a Huawei atua em conjunto com um número crescente de parceiros do setor para lançar soluções inovadoras de tecnologia da informação e da comunicação, entre as quais computação de alto rendimento, Internet das Coisas (IoT) para petróleo e gás, oleodutos digitais e gestão empresarial. Essas soluções ajudam a indústria de petróleo e gás a implementar e a acelerar a transformação digital, reduzir custos e aumentar a eficiência de forma constante e intensificar a produção e a gestão de operações seguras."

As soluções de petróleo e gás da Huawei já foram adotadas em 45 países e regiões ao redor do mundo, atendendo a 70% das 20 empresas líderes globais de petróleo e gás. Exemplo disso é a cooperação da Huawei com a Santos, maior produtora onshore de petróleo e gás da Austrália. Nessa cooperação, a rede original de produção de banda estreita para campos de gás é substituída pela rede IoT 4G LTE que a Huawei ajudou a desenvolver. Essas implantações ajudarão a Santos a coletar e analisar dados em tempo real, além de detectar serviços com precisão. A eficiência de trabalho da Santos aumentou em 40%. Além disso, este ano, a Huawei também venceu licitação para o projeto de reconstrução do sistema de comunicações do duto de petróleo bruto de Tazama. Esse oleoduto mede 1710 km e se estende de Kigamboni, na Tanzânia, a Ndola, na Zâmbia. Nesse projeto, a Huawei apresentou uma solução de oleoduto digital.

As soluções apresentadas pela Huawei na ADIPEC abrangem computação de alto rendimento para exploração e reservatórios, armazenamento de dados sísmicos, exploração e produção em nuvem, produção digital de campos petrolíferos, dutos digitais de petróleo e gás, refino digital e centro de dados em nuvem. Por exemplo, a inovadora solução convergente de computação de alto rendimento da Huawei ajuda as empresas de petróleo e gás a acelerarem o processamento de dados sísmicos, a simulação numérica de reservatórios e a visualização 3D para obter otimização e prognóstico mais eficientes e precisos das áreas de petróleo e gás, beneficiando assim o aumento da produtividade dessas empresas.

Desenvolvimento da IoT de petróleo e gás promove cooperação energética ecológica

Na conferência, o Dr. Hatem Nasr, consultor sênior de campos petrolíferos digitais, e especialistas setoriais da McKinsey, Asia Gas Pipeline e Qamar Energy fizeram apresentações sobre questões referentes à indústria de petróleo e gás.

No setor de produção upstream, o Dr. Ali Ahmed Jama, gerente de desenvolvimento de negócios globais de produção da Schlumberger, fez uma apresentação na cúpula sobre uma nova abordagem ao campo de petróleo digital por meio de uma solução consultiva de operações de produção. Tal solução tira proveito da ampla experiência em campos de petróleo digital e do conhecimento em pesquisa e desenvolvimento da Schlumberger, criando uma experiência de usuário original e proporcionando uma combinação de ciência de engenharia de petróleo e tecnologias digitais para enfrentar os desafios existentes nos processos centrais de empresas de E&P.

Referente à armazenagem e ao transporte de petróleo e gás, a segurança de dutos é o maior desafio enfrentado nas operações de oleodutos. As empresas de petróleo e gás estão buscando novas formas de implementar o controle remoto e a operação eficiente de dutos de longa distância.

Guo Xiaoqiang, diretor-gerente adjunto da filial de Abu Dhabi da China Petroleum Pipeline Engineering Corporation (CPPE), destacou que, "com o uso tecnologias importantes como IoT, computação em nuvem, Big Data e inteligência artificial, é possível detectar e controlar de forma precisa e completa a fiabilidade e a segurança dos dutos, além de aperfeiçoar o máximo possível a eficiência da operação de oleodutos". Ele completou dizendo que, "com o apoio de novas tecnologias da informação e da comunicação e a combinação de recursos profissionais, é possível investir no desenvolvimento de dutos digitais de nova geração, definidos por um nível sem precedentes de inteligência".

Até aqui, 197 empresas da lista Global 500 da revista Fortune, 45 delas figurando no top 100, escolheram a Huawei como parceira de transformação digital.

Para obter mais informações sobre a Huawei Global Energy Summit e a participação da Huawei na ADIPEC, visite http://e.huawei.com/topic/smarter-energy2017-en/index.html.

 

View original content:http://www.prnewswire.com/news-releases/huawei-realiza-global-energy-summit-2017-e-demonstra-solucoes-de-tecnologia-da-informacao-e-da-comunicacao-seguras-e-eficientes-para-o-setor-de-petroleo-e-gas-na-adipec-300555141.html

FONTE Huawei



Contate-nos

Obtenha mais informações

ou fale conosco pelo telefone

+55 11 2504 5100

Veja nossas notícias

Acesse nossa página de notícias e fique atualizado com as informações mais importantes do dia.

Seja um parceiro

Receba automaticamente em seu site nossas notícias, atualizadas a todo instante. Veja os formatos disponíveis e cadastre seu site agora mesmo!